quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

ROY ORBISON - O REI ROMÂNTICO

Talvez de nome você não o conheça, mas as musicas você já escutou e isso sim, foi uma afirmação, você já ouviu Pretty Womam, mesmo que não tenha assistido ao filme.



 Seu pai Orbie Lee talvez nunca teria pensado que dando uma guitarra para o garoto quando tivesse 6 anos de idade ele se transformaria no maior compositor dos anos 60 e precursor rock romântico tendo um grande sucesso que viraria um filme ainda por cima um clássico.
Nascido no Texas em 1936 Roy Orbison, filho de Nardine e Orbi Lee começou sua carreira na musica estimulado pelo pai e por um tio que o apresentou o mundo dos rádios e assim antes dos 10 anos de idade ele já fazia shows.



Aos 13 anos ele já tinha rodado o Texas fazendo shows e assim já estabelecido em carreira solo resolveu criar uma banda com seus colegas de colegial, porem quando acabaram os estudos a banda acabou e Roy foi para universidade fazer Geologia, já que seu pai trabalhava no ramo do petróleo então ele decidiu seguir os mesmos passos do pai, com muito custo seu amigo o convenceu a montar uma nova banda e assim, trabalhando de dia com petróleo e tocando a noite Roy Orbison voltou aos palcos.

Suas apresentações nas noites fizeram ele ser conhecido por Johnny Cash, outro grande expoente do Rock e isso o fez com que se aproximasse da gravadora Sun Records onde ocorreu seu primeiro lançamento do sucesso "Ooby Dooby" em 1956 vendendo 20Mil copias, o que o fez parar de ser tímido e começar a cantar, já que seu objetivo era apenas compor.


Mesmo sendo tímido, tendo de usar óculos escuros por conta do astigmatismo, Roy se dava muito bem com suas musicas que vendiam muito bem, mesmo com o sucesso faraônico dos seus amigos Beatles, Orbison conseguiu ultrapassa-los duas vezes, uma com “it’s Over” e “Oh, Pretty Womam” que vendeu 7 Milhões de discos, muito mais que seu primeiro sucesso.
Em 1966 Roy perdeu sua esposa em um acidente de moto e em 1968 ele perdeu dois dos filhos em um incêndio à sua casa, depois de se casar novamente em 1969, os anos que viriam não seriam fáceis para sua carreira, problemas cardíacos e financeiros o assombrariam, até ganhar o Grammy em  1980 pelo dueto com Emmylou Harris em “That Lovin You Fellin Again”  do filme Roadie e em 1986 emplacar um grande sucesso com “In Dream” onde foi trilha sonora do filme veludo azul.



Em 1989 ele novamente recebe o Grammy com a banda Travelings Wilburgs, o curioso é que a banda era simplesmente formada por Bob Dylan, George Harrison, Tom Pretty, Jef Lane e claro Roy Orbison, mas eles não diziam quem eram justo para deixar um mistério, mas no mesmo ano ele faleceu vitima de uma ataque cardíaco.

Mas quem dera que o pequeno astro do Texas iria se tornar ícone no cinema mundial, fazendo trilhas sonoras para vários grandes clássicos... Pois isso é Rock and Roll.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Comentário(s)
0 Comentário(s)

0 comentários:

Postar um comentário